Crateras provocadas por extração de argila viram viveiros de peixes em São Miguel do Guamá

Por G1
Período do defeso inicia no dia 15 de novembro e até o dia 31 de março a pesca dos peixes pirarucu e tambauqi estão proibidas em Rondônia (Foto: Assessoria/Divulgação)
Cultivo de Tambaqui em viveiro adaptado é a saída
para reduzir o passivo ambiental provocada pela
extração de argila em São Miguel do Guamá.
(Foto: Assessoria/Divulgação)

O Município de São Miguel do Guamá, nordeste do Pará, receberá um projeto piloto de desenvolvimento de piscicultura em áreas alteradas por extração de argila, uma das principais atividades econômicas local. O projeto piloto está sendo desenvolvido pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), em parceria com o produtor local José Bill, a prefeitura do município e a Universidade Federal da Amazônia (Ufra).

A falta de manejo adequado da extração de matéria-prima ocasionou um elevado passivo ambiental, com o surgimento de grandes crateras abandonadas.  O projeto “piscicultura em áreas alteradas por extração de argila” quer estimular o empresariado a trabalhar na restauração de áreas degradadas, beneficiar a economia do município, investir em áreas alteradas e ajudar o meio ambiente, a população, e os seus próprios empreendimentos.

Inicialmente, as crateras foram adaptadas em viveiros, onde são cultivados peixes da espécie tambaqui; com expectativa de produção mensal de aproximadamente oito toneladas, a partir de outubro deste ano. Com o avanço das escavações, a área dos viveiros poderá alcançar até 30 hectares.

O projeto apresenta um diferencial em relação às atividades tradicionais na aquicultura, principalmente no que diz respeito ao aproveitamento das águas subterrâneas e das marés, através do fluxo e refluxo, que deverá abastecer e drenar as áreas a serem trabalhadas na atividade aquícola.
Crateras provocadas por extração de argila viram viveiros de peixes em São Miguel do Guamá Crateras provocadas por extração de argila viram viveiros de peixes em São Miguel do Guamá Reviewed by Esmael Teixeira on 7/12/2016 Rating: 5

Sem comentários