Madrasta é presa acusada de matar enteada de 6 anos

Por DOL

Uma menina de apenas seis anos de idade foi morta por estrangulamento, teve o corpo colocado dentro de um saco e depois lançado ao rio. Seu corpo foi encontrado na tarde deste domingo (10), após confissão da madrasta.

O crime brutal aconteceu no município de Tomé-Açu, no nordeste paraense, onde a menina estava desaparecida desde sexta-feira (08).

De acordo coma Polícia Civil, a pequena Karina Costa de Sousa foi morta pela madrasta, Gesielem Lopes Mamede, de 40 anos.


Ela confessou o crime e contou que usou uma corda para estrangular a criança. Para se livrar do corpo, arranjou uma canoa e a empurrou no rio com o corpo da menina dentro de um saco.


ENTORPECENTES

Gesielem e o pai da vítima são usuários de entorpecentes e se desentendiam constantemente, segundo a acusada.

No momento da prisão, em Tomé-Açu, houve tumulto: populares tentaram linchar a acusada, que precisou ser transferida para o município de Concórdia do Pará. Segundo informações de testemunhas, parte da população, inconformada com o crime, tentou destruir a Delegacia de Tomé-Açu, mas isso foi desmentido pela Polícia Civil.
Madrasta é presa acusada de matar enteada de 6 anos Madrasta é presa acusada de matar enteada de 6 anos Reviewed by Esmael Teixeira on 7/11/2016 Rating: 5

Sem comentários