Filha de funcionária do Banpará é sequestrada em Castanhal

Por Thiago Silva | Rota Castanhal

Uma jovem, que teria 19 anos, filha da gerente de negócios do Banpará de Castanhal, nordeste paraense, foi sequestrada na manhã de ontem, entre às 8h e 9h, em pleno centro comercial da cidade. Ela foi colocada dentro de um carro, que depois foi abandonado no conjunto Fonte Boa, área periférica. Em seguida, a vítima foi libertada em Marituba, região metropolitana de Belém. Ela está bem com a família.

Assim que recebeu a desagradável notícia, a mãe da vítima foi à Delegacia de Polícia Civil do centro da cidade, onde registrou o boletim de ocorrência. Rapidamente guarnições, tanto da Polícia Civil quanto da Polícia Militar, realizaram incursões em busca dos sequestradores. Segundo o Tenente-Coronel Queiroz, comandante do 5º Batalhão de Polícia Militar (5º BPM), os criminosos colocaram um capuz na jovem e, para libertá-la, pediram um valor, que seria de R$ 20 mil. “Eles perceberam que o cerco estava se fechando e resolveram libertar a garota, sem que fosse pago qualquer quantia”, disse o oficial da PM.

Após abandonar o carro de cor vermelha, no conjunto Fonte Boa, os bandidos entraram com a vítima em outro veículo e seguiram pela rodovia BR-316 rumo a Marituba, onde a libertaram. Ela foi escoltada por uma equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF) até a delegacia do centro de Castanhal, onde encontrou a mãe. O veículo abandonado também foi levado para a delegacia, onde foi constatado que possuía registro de roubo.

De acordo com o Sindicato dos Bancários do Pará, dois diretores se deslocaram até Castanhal, para avaliar o caso e saber mais informações sobre o ocorrido. O crime, que vem crescendo no estado, é conhecido como "sapatinho", em que um familiar de algum alto funcionário de um banco é sequestrado e, em troca, é pedido um valor de resgate. Até o fechamento dessa edição nenhum dos sequestradores havia sido localizado.
Filha de funcionária do Banpará é sequestrada em Castanhal Filha de funcionária do Banpará é sequestrada em Castanhal Reviewed by Esmael Teixeira on 11/03/2016 Rating: 5

Sem comentários