Guamaense morto em assalto em Florianópolis deixa mulher grávida de quatro meses

Homem de 31 anos morreu. Polícia trata caso como latrocínio.
Câmeras de segurança registraram o momento em que o motoboy Thiago Barleta de Lima entrou em um prédio após ser baleado em Florianópolis (veja vídeo acima). O homem, de 31 anos, morreu após atendimento no Hospital Celso Ramos na noite de sábado (5), a mulher da vitima estava grávida de quatro meses. O profissional estava feliz com a notícia do primeiro filho e perdeu a vida antes mesmo de saber o sexo do bebê.

O crime, que aconteceu por volta das 22h no bairro Saco dos Limões, é investigado como latrocínio pela Delegacia de Homicídios.

Após ter feito uma entrega de comida em um dos apartamentos, Thiago foi abordado ao subir na moto. A vítima foi atingida no peito e no abdômen. O suspeito fugiu do local.

Nas imagens, o porteiro abre as grades do portão do condomínio para a vítima voltar a entrar no prédio. Thiago fica alguns segundos de pé, conversa com o porteiro, até cair no hall de entrada. O porteiro ainda busca o telefone para acionar a Polícia Militar.


À RBS TV, um morador que não quis se identificar disse ouviu três disparos e que o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) demorou cerca de 30 minutos para chegar ao local. Outro morador que é bombeiro desceu para prestar os primeiros socorros.
"Ele dizia: 'não vou ver meu filho nascer'", contou o porteiro Ronaldo da Silva no domingo (6) ao G1.

Segundo o chefe dele, o empresário João Rodrigo Teófilo, Thiago seria pai em alguns meses e havia começado a trabalhar dois dias antes, após passar meses desempregado.

O corpo foi velado no domingo (6) na capela do cemitério do Itacorubi. Depois, seguiria para Belém, no Pará por volta das 20h40 desta segunda-feira (7) onde vive a família do rapaz, em São Miguel do Guamá, no nordeste do estado, conforme Rodrigo.

Conforme o delegado Ênio de Matos, as imagens não ajudam a identificar o autor do crime. "Estamos começando a investigação, por enquanto, sem suspeitos. A informação que nos foi foi dada até agora é que o autor chegou a pé, agrediu a vítima e fugiu a pé, mas ninguém viu para onde foi", relatou.
Guamaense morto em assalto em Florianópolis deixa mulher grávida de quatro meses Guamaense morto em assalto em Florianópolis deixa mulher grávida de quatro meses Reviewed by Esmael Teixeira on 8/07/2017 Rating: 5

Sem comentários